• Texto e fotos: Luiz Marchesini

Aventura na busca de uma certidão


Mais um documento encontrado desta vez numa cidadezinha da Província de Modena, chamada Finale di Emilia para uma cliente muito especial, que pediu para não divulgar o seu nome, pois quer fazer uma surpresa para o pai dela, ao trazer a cidadania italiana.

Una brava ragazza!!!!

E vocês não vão acreditar no que aconteceu…

Quando cheguei na Comune da cidade, depois de seis horas de viagem (estava vindo de Forli, na província de Forlì-Cesena), dei de cara com o Comune fechado, por causa do Terremoto de 2017 que causou danos a cidade. Veja a foto abaixo.

Ao perguntar na loja de cópias em que estava imprimindo a “Delega” (procuração) da cliente, fui informado que o Comune estava funcionando provisoriamente em uma Escola de ensino médio.

Lá fui eu para a escola. Assis que cheguei, com a devida dificuldade de estacionamento e as cores das faixas aonde se pode estacionar ou não, adentrei por dentro da escola e entre corredores, voilà, encontrei o setor de anagrafe.

Ao solicitar o Estratto per Riassunto di Atto di Matrimonio, datado de 1884, a principio a oficial começou a procurar normalmente no computador, quando de repente ela parou e disse:

Não estou encontrando este casamento aqui no computador, estranho. Qual é a data mesmo?”

Quando disse 1884, ela tomou um susto, e disse:

é por isso que não encontro m este documento é muito antigo e você deve procurar no Arquivo da Cidade, que não está aqui. Melhor voltar outro dia”.

Depois de explicar para ela que tinha vindo de longe, 500 km, para somente pegar este documento e que estaria levando ao Brasil dois dias depois, e que precisaria dele no mesmo dia, ela reclamou;

“as coisas não são bem assim que funcionam aqui. Conseguir o documento na hora, ainda mais um documento muito antigo. Mas vou falar com a minha chefe”

Ao chegar a chefe responsável a mesma disse que o arquivo da cidade estava a 3 km dali, que devido ao terremoto tudo havia se separado dentro do Comune e que seria difícil fazer este trabalho de pesquisa. Mas insisti e ofereci ajuda, dizendo que poderia ir lá ou fazer outra coisa qualquer.

Ela vendo que eu não sairia dali sem o documento, resolveu ir ao arquivo de estado e perguntou se eu podia esperar. Disse que tinha o dia todo. E realmente aguardei por cerca de três horas e meia.

Quando ela retornou, já na hora do Comune fechar e avançando na hora do “pranzo” (almoço), disse toda feliz e com um grande sorriso que tinha duas notícias para mim: uma boa e outra ruim, perguntando o que eu queria primeiro.

Pedi a boa. Então ela disse que havia encontrado o registro de casamento, mas a ruim que o livro do mesmo estava no Arquivo Central da Cidade de Padova a 57 km de lá e que provavelmente estaria fechado quando eu chegasse lá. Mas que mesmo assim ela havia conseguido imprimir cópia do registro, que estava digitalizada e que contou com a ajuda da chefe do Arquivo.

Agradeci muito e solicitei a ela então, para o Comune, baseado no registro que ela trouxe, poderia me emitir a certidão de matrimonio. Ela parou por um instante. Aquele suspense no ar. Sorriu e disse, pois não... e voilá, sai de lá com a certidão nas mãos e um sorriso no rosto e gratidão no peito.


55 visualizações
Contato

ITÁLIA

Emilia-Romagna

​​luizmarchesini@gmail.com

Cel. e WhatsApp:  +39 3801372729

BRASIL

 Centro  -  Rio de Janeiro - +55 21 987760037
​​luizmarchesini@gmail.com